Modelo da Riqueza dos Media
Uma abordagem bastante próxima da Teoria da Presença Social é a do Modelo da Riqueza dos Media desenvolvida por Daft & Engel (1984). De acordo com esta análise, os media variam na sua capacidade para reduzir a ambiguidade nas comunicações - os media ricos facilitam o feedback, comunicam múltiplas pistas, permitem mensagens personalizadas e altamente específicas e além disso permitem comunicação não ambígua.

Riqueza_dos_Media.JPG
A comunicação face-a-face seria a forma de comunicação mais rica enquanto que diversas formas de CMC constituíriam formas mais pobres de comunicação mediatizada.